30 Dias 2015

Dia 7 – 24/06 / Norte da África – a Fé de nossos Patriarcas

berberes
Bérberes, ou Imazighen, como se autodenominam, que significa “povo livre”.

Por séculos, o Norte da África foi um centro cristão produzindo alguns dos maiores patriarcas e matriarcas da fé da Igreja Cristã. Agostinho, Tertuliano, Cipriano, junto com Perpétua e Felicidade têm inspirado e informado gerações de cristãos até os dias de hoje. Apesar desse grande legado, a chegada do Islã no 7o. Século marcou o início do fim de uma das maiores fortalezas do cristianismo. No século 12, com a invasão das tribos árabes Beduinas que o historiador Árabe Ibn Khaldun descreve como “descendo na região como pragas de gafanhotos”, o cristianismo nativo foi todo erradicado. Hoje, as nações do Norte da África que se estendem da Mauritânia a Líbia clamam ser 99% islâmica, mas algo está começando a mudar.

norte da africaO Norte da África é historicamente a terra dos povos Berberes, povos aborígenes das montanhas que viram séculos de invasores – Fenícios, Gregos, Romanos, Vândalos, Árabes, Turcos, Franceses, Italianos e Ingleses – vindo e indo. A maioria da população hoje é uma mistura da cultura Berbere e Árabe que permaneceram na linha de frente de longos séculos de conflitos entre a casa do Islã e o Ocidente.

Rafiq foi um dos milhares de Berberes que deixaram o Norte da África buscando uma vida melhor na Europa. Admitindo ser muçulmano apenas de nome, Rafiq se considera mais europeu do que muçulmano. Músico e compositor talentoso, Rafiq foi encorajado a escrever um musical. Por uma razão desconhecida dele, Rafiq escolheu a vida de Jesus como o tema do seu teatro musical. Nas semanas que se seguiram Rafiq imergiu-se nos evangelhos e se tornou um seguidor de Jesus Cristo.

Rafiq levou sua recém descoberta fé de volta para o Norte da África com ele. Lá ele encontrou-se no meio de uma reviravolta de milhares de seus compatriotas Berberes que também descobriram o que o seu ancestral, Santo Agostinho, havia descrito 15 séculos antes quando ele escreveu: “A alma não pode descansar, até que encontre seu descanso N’Ele.”

[box]

Como podemos orar?

● Ore pelos movimentos emergentes no Norte da África.

● Ore por ministérios de rádios e televisão via satélite que tem contribuído para esses movimentos.

● Ore pelas famílias cristãs ao Norte da África que buscam criar seus filhos como crentes em meio a grande oposição. [/box]

Para adquirir ou baixar o livreto de Oração dos 30 dias, clique aqui.

 

Deixe uma resposta