Os seguintes textos são do Alcorão :

Recorda-te de quando os anjos disseram: Ó Maria, é certo que Deus te elegeu e te purificou, e te preferiu a todas as mulheres da humanidade! Ó Maria, consagra-te ao Senhor! Prostra-te e genuflecte, com os genuflexos! E quando os anjos disseram: Ó Maria, por certo que Deus te anuncia o Seu Verbo, cujo nome será o Messias, Jesus, filho de Maria, nobre neste mundo e no outro, e que se contará entre os diletos de Deus.” – Al Imran 3:42 – 43 e 45

O messias, Jesus, filho de Maria, foi tão-somente um mensageiro de Deus e Seu Verbo, com o qual Ele agraciou Maria por intermédio do Seu Espírito.” – An-Nisaa 4:171

Nestas duas passagens, Jesus é claramente referido como a Palavra de Deus e como uma Palavra de Deus (em árabe: Kalilmat Allah). Alguém poderia até pensar que o Alcorão está fazendo menção ao texto de João 1:1 nestas passagens: “No Início era o Verbo, e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus.” No entanto, intelectuais muçulmanos dizem que o título que o Alcorão dá a Jesus e a idéia de que Jesus é parte da Divindade não estão completamente de acordo.

Enquanto alguns muçulmanos sabem que Jesus é referido como a Palavra de Deus no Alcorão, a maioria não sabe o que isso significa e poucos percebem que o mesmo título é dado a Jesus na Bíblia.

Alguns cristãos já utilizaram os textos que mencionam a “Palavra de Deus” do Alcorão como um ponto de partida para proclamar as Boas Novas do Messias a muçulmanos. Além disso, o Alcorão fala de Jesus com o Messias (veja 3:45 e 4:171 acima, bem como 4:157“E por dizerem: Matamos o Messias, Jesus, filho de Maria, o Mensageiro de Deus, embora não sendo, na realidade, certo que o mataram, nem o crucificaram, senão que isso lhes foi simulado. E aqueles que discordam, quanto a isso, estão na dúvida, porque não possuem conhecimento algum, abstraindo-se tão-somente em conjecturas; porém, o fato é que não o mataram.”)

Afirmo novamente: a grande maioria dos muçulmanos não sabe o que significa o fato de Jesus ser o Messias, porque, nas palavras e um autor, “o significado do título é quase completamente oculto no Islã.” A palavra Messias é a mesma palavra para Cristo em grego. Se refere àquele que é ungido como rei. O termo leva consigo não só o conceito de um bom rei mas também um rei que é um salvador, um libertador, que irá corrigir tudo que está errado e irá reinar em justiça.